“RIC” – A nova Carteira de Identidade dos brasileiros

O governo estuda um novo modelo para carteiras de identidade que devem ser adotadas a partir de janeiro de 2009.
A nova carteira de identidade dos brasileiros, vai ter informações de RG, CPF e Título de Eleitor em um só documento, e o modelo e tamanho de um cartão de crédito.
A maior novidade é o chip, que vai armazenar todas as informações da pessoa, tais como cor da pele, altura e peso, além de informações trabalhistas, previdenciárias, criminais e o que mais for necessário.
Com a implantação do AFIS (sigla em inglês do Sistema Automático de Identificação de Impressões Digitais) no Instituto Nacional de Identificação (INI) da Polícia Federal, a intenção é gerar um número nacional para todos os brasileiros.
Hoje, cada órgão que cuida do assunto nos estados produz um número diferente de carteira de identidade, o que possibilita uma pessoa a emitir o documento em diferentes regiões.
Agora, as impressões digitais não serão mais no método ‘dedão na tinta’, mas sim escaneadas, e as informações serão enviadas para um banco de dados do INI, que fará um único banco de dados, alimentando o AFIS.
Então, a partir de 2009, essa será a nossa nova carteira de identidade, que deixa de ser RG para ser chamada de ‘RIC’ (Registro de Identidade Civil):
RIC 1 2As informações não são registradas com uma tinta, então nenhum reagente químico pode alterá-la; todos os dados são gravados a laser no corpo do documento.
Além do mais, itens de segurança como dispositivo anti-scanner, imagens ocultas e palavras impressas com tinta invisível, fotografia e impressão digital a laser e a possibilidade de armazenar no chip diversas informações do portador, vem a ser o grande diferencial do novo documento.
A proposta é que, em nove anos todos os brasileiros tenham o novo registro, que vai acabar com o problema de homônimos (pessoas que têm o mesmo nome e números de registro diferentes), e principalmente com as fraudes.

Deixe uma resposta